OCA realizou mais de 38 mil atendimentos no mês de maio

As três unidades estaduais da OCA retornaram aos atendimentos presenciais no dia 13 de maio, após o Acre passar por nova classificação de risco, na qual foi definida bandeira amarela para todas as regionais. O retorno aos atendimentos físicos está limitado a 30% da capacidade total das centrais, com agendamento, para evitar aglomerações.

A Central já registrou um aumento significativo no número de atendimentos em comparação ao mês anterior, saltando de 17.054 atendimentos online realizados em abril, para 38.916 em maio, somando as três centrais.

Segundo o levantamento realizado mensalmente pelas centrais, os órgãos mais procurados pelos cidadãos na OCA Rio Branco foram o Instituto de Identificação e Detran; nas OCAs de Xapuri e Cruzeiro do Sul, além desses, o serviço mais procurado foi o dos correspondentes bancários. Os dias de maior pico se registram nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8 às 10h.

A diretora técnica da OCA, Francisca Brito, explica que “o cidadão deve procurar se informar sobre o serviço em que deseja atendimento, antes de ir até uma das OCAs, porque se não houver agendamento o cidadão não entrará na Central. É uma medida que visa a organização e a segurança de todos, só dessa maneira é possível atender sem colocar em risco a saúde das pessoas que buscam atendimento e dos servidores”.

Além de indicar o agendamento realizado, o cidadão terá, na entrada, sua temperatura aferida, deverá higienizar as mãos e buscar atendimento sem acompanhante.

Para mais informações, as centrais contam com teleatendimento para tirar dúvidas, além das redes sociais e o Guia de Serviço Público.

Telefones OCA Rio Branco: 3215-2400 / 3215-2411 / 3215-2427 / 3215-2475 / 3215-2478 / 3215-2445

Redes sociais: Redes sociais Instagram e Facebook: OCA Acre

Guia de Serviço Público: www.gsp.ac.gov.br