Municípios do Acre receberam R$9,6 mi contra desastres naturais em 10 anos

alagaçãochuva

Quatro municípios do Acre -Brasileia, Sena Madureira, Tarauacá e Rio Branco -receberam R$9,69 milhões para enfrentamento aos desastres no período de 2005 a 2014.Nos últimos 10 anos, os desastres naturais geraram 20.347 decretações de anormalidade. Os decretos decorrentes da seca corresponderam a 68,7%, transformando a seca e a estiagem em grandes vilãs decorrentes das variáveis climáticas. Em segundo lugar vêm os desastres decorrentes das chuvas, foram 6.111 decretos que correspondem a 30% das decretações.

Vários outros municípios sofreram, naquele período, com algum tipo de desastre natural mas, segundo o Observatório dos Desastres Naturais produzido pela Confederação Nacional dos Municípios, não forneceram informações para composição do mapa. Os dados disponíveis parecem estar desatualizados, já que relatam apenas um município com plano de contigência -o qual seria Rio Branco. Mas os técnicos da Defesa Civil da capital percorreram alguns municípios ajudando as prefeituras a elaboraram seus planos. Não foi possível fazer contato com os responsáveis por esses órgãos para comentarem os estudos da CNM.

Outra informação relevante é que apenas Manoel Urbano, segundo o Observatório, possui núcleo comunitário de defesa civil -grupamento de moradores preparados para agir em caso de desastre natural.