Municípios acreanos terão R$ 6,2 milhões a mais com acréscimo de 1% do FPM

Os municípios brasileiros tiveram uma conquista permanente e de grande importância com a aprovação do adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em setembro, que aconteceu no dia 6 de outubro e segue para promulgação do Congresso Nacional. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) luta pelo projeto desde 2017. Foram quatro anos de mobilizações e debates até a aprovação da proposta. O recurso será transferido, inicialmente, de maneira gradual, começando com 0,25% em 2022 até alcançar o total de 1% em 2025.

Para o Acre isso significará R$ 6,24 milhões em 2022, subindo até R$ 37,48 milhões em 2025, a serem rateados proporcionalmente entre os 22 municípios.

Em todo o Brasil os repasses irão de R$ 1,097 bilhão em 2022 até R$ 6,58 bilhões em 3035, seguindo a seguinte tabela :

Veja a divisão do acréscimo de 1% do FPM para os munícipios dos estados até 2025.