Mais de 124 mil acreanos não tomaram a primeira dose do imunizante anticovid

Cezar Negreiros

Cerca de 124.250 pessoas não tomaram a primeira dose da vacina contra a co-vid-19 no Estado. A Capital acreana chega em torno de 31.339 rio-branquenses que não tomaram o imunizante anticovid. A meta da coordenação estadual do Programa Nacional da Imunização (PNI) era vacinar 681.886 pessoas nos 22 municípios acreanos, somente 557.636 tomaram a primeira dose. Aproximadamente 402.538 pessoas no Estado já tomaram a segunda dose, que corresponde por 60,29% da cobertura vacinal. Na capital acreana, chega em torno de 297.934 tomaram a primeira dose que corresponde por 90% do público-alvo, enquanto 214.456 pessoas já estão imunizados que responde por 65% da população rio-branquense imunizadas. “A meta da terceira dose de reforço chega a casa dos 45.703, mas apenas 6.944 pessoas procuraram os nossos postos de vacinação”, lamentou Socorro Martins, chefe da Vigilância Sanitária Municipal.

Destacou que a baixa procura reflete o prazo de seis meses para os profissionais de saúde e idosos na faixa etária dos 60 anos ou mais. Em busca de melhorar a cobertura vacinal, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) pretende retomar os mutirões em pontos estratégicos como: supermercados, Shopping Via Verde e o Shopping Popular (no Centro).

“Chegaremos a mais de 70% da cobertura vacinal com a aplicação da segunda nos próximos dias”, prevê a gestora municipal.