Greve dos bancários completa 17 dias sem previsão de termino

89-greve

Sem previsão de acabar, a greve dos bancários entra no 17º dia nesta quinta-feira (22) com atividades de 50 agências paralisadas do Estado. Não há previsão de término da greve, uma vez que os banqueiros continuam em silêncio na mesa de negociação e que enquanto a categoria ficar sem uma resposta positiva a greve vai continuar.

Depois que a proposta de reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil foi negada pela categoria, a federação não marcou nova rodada de negociações.

Os bancários pedem um reajuste de 14,78%, índice calculado para repor a inflação de 9,78% e também dar ganho real de salário de 5%. Além disso, é pedido atendimento a propostas referentes às condições de trabalho, ignorados pelos patrões.