Governo permite abertura de supermercados e postos mas amplia horário de restrição no fim de semana

A porta-voz do governo, Mirla Miranda divulgou as mudanças feitas pelo governo do Estado do Acre por meio do Comitê de Acompanhamento da Covid-19, decidiu alterar nas medidas restritivas implementadas para conter o avanço da pandemia e que serão publicadas em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE), ainda nesta quarta-feira (7).

Pelo novo decreto, fica permitindo agora a abertura de supermercados e similares no período das 7 às 18 horas nos fins de semana e feridos. Em compensação, o horário do toque de restrição passa a impedir a circulação de pessoas nos fins de semana, feriados e pontos facultativos, será agora das 19 às 5 horas da manhã, ampliando o período. Nos outros dias da semana, continua o horário já estabelecido das 22 às 5 horas.

O decreto mantém todas as outras medidas de contenção a circulação de pessoas para evitar a propagação da pandemia de Covid-19. O funcionamento dos setores econômicos permitidos continua limitados a 20% da capacidade durante os dias da semana, além da adoção obrigatória de medidas sanitárias, como o uso de máscaras e outros equipamentos de proteção e higiene.

Os finais de semana seguem com as medidas mais rígidas de contenção e continuam impedidos de abrir para atendimento ao público todo o comércio não essencial, além de restaurantes, lanchonetes e similares, onde o atendimento deverá ser apenas por serviço de delivery. Para esses estabelecimentos, segue proibido qualquer tipo de atendimento presencial ao público, inclusive na modalidade drive-thru. Também está suspensa a aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados destinados à recreação e ao lazer.

Quanto à abertura dos templos religiosos, o STF discutia no momento desta reportagem se eles poderiam continuar abertos, de acordo com decisão monocrática do Ministro Kássio Nunes.