Educação dialoga com professores de libras

A secretária de Educação, Cultura e Esportes (SEE), professora Socorro Neri, realizou na tarde desta terça-feira, 23, uma reunião com os deputados estaduais Antônio Pedro e Daniel Zen, da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e representantes da Associação dos Surdos do Acre (Asac).

Na pauta do encontro questões de demandas sobre a contratação de professores de libras para a rede estadual de ensino que tiveram os contratos suspensos e/ou encerrados devido a pandemia que assolou o Brasil e o mundo desde março de 2020.

A secretária Socorro Neri explicou que a contratação de professores, inclusive de libras, acontece a partir de demandas apresentadas ou pelo Departamento de Gestão de Redes da própria Secretaria ou por meio de solicitações que são realizadas pelas próprias unidades escolares.

Ela explicou que há um banco de reserva vigente, decorrente de um edital de 2018, no qual três professores de Rio Branco e seis de Cruzeiro do Sul ainda aguardam contratação. Há ainda um edital de 2019 que ainda está vigente.

Com isso, a secretária Socorro Neri assumiu três compromissos com os representantes dos surdos e também com a comissão de Educação da Aleac. O primeiro deles diz respeito à revisão das demandas das unidades escolares. O segundo compromisso é, em havendo necessidade, convocar o cadastro de reserva.

O terceiro compromisso assumido durante a reunião diz respeito a promover, se surgirem mais necessidades de contratações, um processo seletivo com acessibilidade para que os professores surdos possam fazer as provas.

Isto porque, segundo ela, as contratações diretas são realizadas somente em caráter excepcional. “Se o quantitativo de professores não for suficiente, faremos um processo seletivo, mas antes precisamos chamar os professores dos editais que ainda estão vigentes”, afirmou a secretária.