Coluna Bom Dia

Faz de conta

O Senado vai assinar embaixo de projeto já aprovado na Câmara que libera a candidatura de políticos e gestores com as contas reprovadas e devidamente enquadrados na lei da Ficha Limpa. Isso é de uma vergonha absoluta. É a licença para roubar. É transformar os Tribunais de Contas em tribunais de faz de contas

No Acre

No Acre, na última eleição, foram 335 pessoas impedidas de se candidatar por pendências com a Ficha Limpa. Alguns conseguiram liminares e concorreram a vereador, felizmente não eleitos. Agora, para o próximo ano, a festa está marcada. Até o ex-prefeito de Senador Guiomard, James Gomes, ex-marido da senadora Mailza Gomes vai poder ser candidato. E ainda se fala em moralização.

Vacinas

É simplesmente vergonhoso que sobre vacina no Acre, Estado em que mais de 200 mil pessoas não completaram a imunização com duas doses. É difícil saber que se vice uma época em que o obscurantismo ganha espaço, em que a racionalidade é abandonada por crenças e ideologias sem sentido.

Doses

É criminoso que o Estado deixe de receber doses porque as pessoas não procuram a única garantia de sobrevivência contra a Covid. Rara é a família do Acre que não tenha um ente querido a prantear por causa da pandemia e nem assim se aprende a lição.

Pressões

Há fortes denúncias de que ministros religiosos ainda estejam, pregando contra a vacina em púlpitos, impedindo os desavisados fiéis de procurarem os postos. Essa estratégia foi levada aos indígenas, de incutir o medo e assim propagar o genocídio. São pessoas que deveriam ser punidas. Liberdade religiosa não pode acobertar crimes contra a saúde pública ou atos reprováveis. O fanatismo deve ser combatido.

Estado

O Estado, o governo, também tem sua parcela de culpa. Por exemplo, é incompreensível e criminoso saber que a população carcerária não está completamente imunizada. Estas pessoas estão sob a guarda do estado que é responsável por eles. Elas não pedem a cidadania, o direito à vida pelo crime que cometeram. O Brasil é signatário do Pacto de San José da Costa Rica, que impôs as regras mínimas para o cárcere. E ninguém pode sofrer sanções além das que foram definidas expressamente nas penas. Simples assim.

Solução

Uma tentativa de solução seria radicalizar. Exigir o atestado de vacinação para todas as ações da vida prática, como acesso a equipamentos públicos, receber salário, ter atendimento de educação e saúde, frequentar locais públicos ou privados com mais gente, fazer um cerco aos refratários. Ilegal? Ora, da mesma forma que as pessoas precisam estar vestidas, que não se pode praticar menhuma dessas atividades sem estar de roupa, assim deveria ser com a caderneta de vacina.

Esforço

O governador, médicos, agentes públicos se uniram desde o começo da pandemia em um esforço conjunto para salvar vidas. Quem não admite participar, não merece estar no convívio normal com seu semelhante e deve pagar o preço.

Aprovado

A Assembleia aprovou nas comissões o empréstimo proposto pelo governo do Estado para ações ambientais e de saneamento. Curioso foi ver a posição do deputado Evaldo Magalhães. Nos 20 anos do governo do PT ele nunca questionou os bilhões empenhados pelo Estado, uma boa parte deles usados em órgãos sob sua competência e que hoje é motivo de sucessivas condenações pelo TCE por má utilização. Sem explicações.

Transporte

A CEI aprovada e instalada na Câmara dos vereadores da capital vai dar dor de cabeça para a prefeitura e, se for fundo nas investigações, também para empresários de ônibus e gestores públicos. Há muito a ser desnudado nessa história. A composição da comissão deve acender o alerta para o prefeito.

Piora

Os usuários do transporte coletivo reclamam cada vez mais da piora do serviço, da qualidade dos ônibus, em sua maioria velhos e malcuidados. Os ônibus novos, biarticulados sumiram, os horários são desrespeitados, está uma bagunça. Tudo cai na cabeça do prefeito.

Promessas

Aliás, o prefeito foi eleito com três promessas básicas: solucionar o problema dos ônibus, fazer a reversão da água e apoiar o produtor rural. Com nove meses de mandato, nenhuma delas tem resultados para mostrar, ao contrário. A desilusão é grande e as redes sociais mostram isso.

Votação

Os deputados refizeram a votação e mantiveram o veto à candidatura de juízes, promotores e militares, que terão que fazer a quarentena. A proposta da limitação havia sido derrotada por apenas três votos as pressões fizeram com que se voltasse atrás. Antes assim.

Operação

A Polícia Federal de Rondônia deu um duro golpe ontem no Comando Vermelho, com a Operação Carga Pesada, que prendeu 45 pessoas, apreendeu 150 carros de luxo, aeronave, mais de R$ 2,5 milhões e bloqueou o esquema de tráfico de drogas da facção com base em Rondônia.

Disseminado

O braço do Comando Vermelho desarticulado ontem operava diretamente em oito Estados, inclusive no Acre, onde ocorreram prisões. A droga era transportada entre cargas de caminhões, daí o nome da operação.

Belo exemplo!!

O prefeito Tanízio Sá da pequena e indigente cidade de Manoel Urbano, um dos municípios mais pobres do Acre concedeu a si mesmo, vice-prefeito e secretários o 13º salário, férias e outras vantagens. Não teve bem vergonha de publicar o decreto no Diário Oficial. Parabéns para seus eleitores e para a população de Manoel Urbano.

Convênios

O governador assinou com sete prefeitos convênios de R$ 7 milhões para asfaltamento de 15 km de ruas. O ganho político foi infinitamente maior. Quem poderia supor há algumas semanas que o prefeito Mazinho Serafim, de Sena Madureira, fosse abraçar publicamente o governador em uma solenidade e reconhecer o trabalho conjunto?

Viaduto

O governador mostrou ontem a imagem do que será o viaduto da Corrente, que vai valorizar a entrada de Rio Branco e resolver os problemas do trânsito na região. Agora é conseguir que o Dnit realmente execute a obra. A previsão é de que esteja pronta em 2023.

Estrada

Noticía ontem de que o ICM-Bio teria dado a liberação ambiental para a construção da estrada que vai cortar o Parque da Serra do Divisor. Isso é de um absurdo e de um ridículo sem precedentes. Como o governo peruano já afirmou que não vai fazer sua parte da rodovia com a ligação para Pucallpa, a estrada que desejam aberta no Brasil vai de nada a nada. Fica provado que o único objetivo é a destruição da floresta.

De olho

Só que a comunidade internacional está de olho e a punição ao país pode ser o bloqueio de todo o agronegócio centrado na Amazônia. A emenda sairá pior que o soneto.

Fusão

DEM e PSL estudam a fusão para as eleições do próximo ano, agora que o Senado praticamente enterrou a possibilidade de coligações. Sairá um superpartido de direita que se espera democrática. No Acre isso é prenúncio de confusão.

Dono

É que o PSL é um dos redutos do vice-governador, major Rocha, que tomou o partido em um verdadeiro golpe de Estado, mas se os dois partidos se juntarem, a tendência será que a direção seja entregue ao deputado Alan Rick, dos Democratas, que será a maior liderança política, com mandato, do grupo. Aí é que a porca torce o rabo. Mais um confronto para o vice. PSL estudam a fusão para as eleições do próximo ano, agora que o Senado praticamente enterrou a possibilidade de coligações. Sairá um superpartido de direita que se espera democrática. No Acre isso é prenúncio de confusão.

Notícias relacionados