Chamada do ‘Ilha Record’ mostra Pyong Lee na cama com participante

O “Ilha Record” ainda nem estreou e já traz uma polêmica para despertar a curiosidade no público. Na noite de hoje, a RecordTV divulgou uma chamada do programa, com estreia prevista para o dia 26 de julho, onde Pyong Lee, ex-“BBB 20”, aparece deitado na cama ao lado de um participante após boatos de que teria traído sua mulher, Sammy Lee, durante as gravações do reality show.

O teaser de promoção da atração exibe um compilado de cenas registradas no confinamento em meio aos termos “brigas, competição, confinamento, festas, intrigas, romance, traição e votação cara a cara”. O close do hipnólogo na cama com outro participante não identificado aparece entre as palavras “romance” e “traição”.

A aparição de Pyong na cama com outro participante logo se tornou um dos principais assuntos das redes sociais. Afinal, durante as gravações do reality, surgiram boatos de que ele teria traído sua mulher, Sammy Lee, com a argentina Antonela Avellaneda, ex-“BBB 4”.

O UOL procurou a assessoria de Pyong Lee e aguarda retorno.

Ameaça de processo

Diante dos boatos de traição a sua mulher, Pyong Lee usou as redes sociais para se pronunciar e declarou que o ‘povo de internet’ cai em qualquer fake news.

“Povo de internet acreditando em qualquer fake news para variar. Sem novidades. Tudo por cliques e audiência, sendo que o programa nem começou. Pior de tudo é cometer crime de difamação. Guardem os comentários e mimimi para quando assistirem”, escreveu.

Antonela também manifestou após ter se revoltado com a mulher de Pyong tê-la chamado de vagabunda – em postagem que depois foi apagada. Por meio dos stories, no Instagram, a modelo argentina exigiu respeito e ameaçou processá-la por fazer insinuações sem provas.

“Querida ninfeta inconsequente, primeiro: não sou mocinha. Sou uma mulher adulta, correta e de atitudes muito maduras e jamais faria o que você está insinuando. Também sou madura o suficiente para não ter que me arrepender daquilo que faço, razão pela qual não posto coisas para depois ter que apagar. “Chamar uma pessoa pelo qualificativo que você usou dá processo e é exatamente o que acho que vou fazer para ensinar você a respeitar as pessoas. Me aguarde”, declarou.

Uol – Famosos